sexta-feira, 18 de julho de 2008

The Giant's Causeway

.
.












(esta foto é "roubada", mas dava melhor ideia do fenómeno)
.
.
A Giant's Causeway, em português "calçada do gigante", é o fenómeno natural mais fora do vulgar que vi na Irlanda. Foi considerado património mundial pela UNESCO em 1998 e é um pavimento natural, formado de colunas com lados regulares (a maior parte delas tem cinco ou seis lados, mas também há com sete ou oito e, supostamente, há apenas uma com três lados).
A calçada formou-se há cerca de 60 milhões de anos, quando após uma erupção vulcânica, a lava arrefeceu muito lentamente. Ao arrefecer, formou rachas, tal como acontece com um charco de lama. Mas estas rachas, ao contrário das da lama, vão até ao fundo da lava formando colunas de basalto. O resultado é absolutamente fantástico!
.
É muito divertido andar em cima delas, e menos perigoso do que parece, porque não mexem um milimetro. Mesmo uma pata-choca como eu foi capaz de ir bem até à ponta, como atesta a quarta fotografia.
.
Diz a lenda que a calçada foi construida por um gigante, Finn MacCool (Finn mac Cumaill em irlandês). Uns dizem que a construiu para poder chegar à sua amada, uma gigante que vivia na ilha escocesa de Staffa, onde existe uma formação rochosa semelhante. Outros contam uma versão distinta: Finn MacCool queria lutar com um gigante rival na Escócia, conhecido como Benandonner. Os dois gigantes nunca se tinham conhecido e, como tal, Finn construiu a calçada para que o gigante escocês pudesse atravessar o mar e encarar o desafio. Mas quando o Benandonner se aproximou e Finn viu o seu tamanho, teve um acesso de pânico e pediu à sua mulher, Oonagh, que o escondesse e o disfarçasse de bebé num berço gigante. Quando Benandonner viu o tamanho do "bebé" imaginou como seria o pai e fugiu aterrorizado destruindo a calçada atrás de si para não ser seguido.
.
Lendas à parte, esta paisagem proporcionou-nos às três (agora já com a minha querida amiga AD) uma bela passeata pelo topo dos penhascos, descendo por trilhos fustigados por um vento forte, frio e puro e divertindo-nos como crianças a saltitar nas peças desta verdadeira legolândia irlandesa.

3 comentários:

CF disse...

Oh, madeirense, top this!
Mas só com provas fotográficas!

Alfredo F. disse...

Para isso tenho isto, e com muito melhor clima:

http://olhares.aeiou.pt/foto1733990.html

http://olhares.aeiou.pt/foto1739933.html

http://olhares.aeiou.pt/foto1733990.html

CF disse...

Wow! Muito bonito!
Não fui aí quando estive na Madeira. Tenho que voltar!